Munique

Munique-Fonte:Commons/Patrick Six

Munique possui cerca de 1,3 milhões de habitantes e é uma das grandes cidades da Alemanha. É uma das cidades mais belas do país, rica em cultura e história.

No coração da Baviera, é muito lembrada pela famosa Oktoberfest, festa que ocorre tradicionalmente todos os anos e atrai muitos turistas.

A cidade conta com muita infra-estrutura, além de muitos parques, lojas, museus e pontos turísticos. O transporte publico da cidade é muito eficiente e você pode contar com os bondes (Strassebahn) e metrôs de curta e longa distancia (U-Bahn e S-Bahn).

Nas mediações de Munique, é possível ainda explorar e conhecer a cidade de Dachau e o famoso castelo de Neuschwanstein.

Não deixe de caminhar pela cidade e apreciar seus parques naturais e a beleza arquitetônica da cidade.

A região de Marienplatz é composta por muitas lojas, restaurantes e atrativos turísticos. É uma região muito movimentada durante o dia e noite.

Mas, como falar de Munique e não citar uma das maiores festas da cidade, a Oktoberfest? A tradicional festa recebe mais de 7 milhões de pessoas por ano e ocorre entre meados de setembro e outubro. Durante a festa, litros e mais litros de cerveja são consumidos, assim como muita comida tipica.

Enfim, Munique é encantadora e cheia de atracões. Não deixe de conhecer e curtir mais essa bela cidade da Alemanha.

Para opções de hospedagem acesse o Booking.com.

Visconde de Mauá

Visconde de Mauá fica localizada no distrito de Resende, no Rio de Janeiro, a 1300 metros de altitude. Ela é composta por três vilas: Visconde de Mauá, Maringá e Maromba.

Conhecida pela abundância de cachoeiras, trilhas e rios, Visconde de Mauá é muito buscada para descansar e curtir a natureza. No inverno, é muito procurada pelos turistas por conta do seu clima, o clima agradável de serra. Com ótimos restaurantes, as refeições mais procuradas por lá são a truta e fondue.

Quer conhecer um pouco dessa cidade, hospede-se em uma das várias pousadas que há por lá. Abaixo, lista das cachoeiras para aproveitar, além de alguns dos restaurantes imperdíveis.

Cachoeiras:

1 – Cachoeira do escorrega

Umas das cachoeiras mais visitadas, fica a 3 km acima da vila de Maromba. Recebe esse nome por possuir um enorme escorrega natural.

2 – Poção da Maromba

O poção tem 7 metros de profundidade e uma pedra de onde os corajosos saltam. Você poderá optar em entrar no poção pela trilha, que fica localizada no caminho para cachoeira do Escorrega.

3 – Vale da Santa Clara

Entre as vilas de Maringá e Maromba, fica uma das cachoeiras mais altas da região. Nela, você poderá praticar rapel. Fácil acesso por Maringá ou Maromba.

Além das cachoeiras citadas acima, ainda há: cachoeiras do Alcantilado, cachoeira Véu da Noiva, piscinas naturais, além dos trutários.

mapacachoeiras (1)

Restaurantes:

1 – Ratatouille – Pizzaria e Restaurante

Pra quem aprecia uma boa massa, esse restaurante é perfeito. Com sua decoração rústica e jantar a luz de velas, o restaurante Ratatouille possui o famoso prato francês, do qual o restaurante leva o nome.

Localização: Vila de Maringá.

2 – Maison de la Fondue

Restaurante especializado há 13 anos na culinária Suíça com famoso festival de fondue.

Localização: Vila de Maringá.

3 – Borbulha

O restaurante Borbulha, fundado em 2005 pelo chefe Edison L. Guia, conta com um cardápio refinado e uma decoração temática romântica. Conta ainda com um museu de vinis em seu interior.

Localização: Vila de Maringá.

4 – Rosmarinus 

Restaurante indicado pelo Guia 4 Rodas com clima romântico. Conta com cardápio diferenciado.

Localização: Visconde de Mauá, na estrada em direção de Maringá.

Além dos restaurantes listados acima, você pode encontrar na região várias outras opções. Na vila de Maringá, ha muitos restaurantes com ótimas opções para o almoço e jantar.

Quer ter um fim de semana romântico? Então não deixe de conhecer Visconde de Mauá e curtir a calmaria deste lugar. Boa viagem!!

Pontos turísticos de Freiburg

Para quem quer colocar mais uma cidade em um roteiro pela Alemanha, vale a pena visitar a cidade de Freiburg. Abaixo, segue a lista dos atrativos e pontos turísticos mais visitados por lá:

1 – Freiburg Münster (catedral)

A catedral de Freiburg começou a ser construída em 1200. A catedral em estilo gótico sobreviveu as guerras e se manteve linda e imponente no centro da cidade. Sua torre de 116 metros é avistada de longe. A torre possui 16 sinos, entre eles o sino “Hosanna”que pesa 3.290 kg.

Horário de funcionamento: Aberto diariamente das 7:00 h às 19:00 h com exceção dos domingos que fecha às 20:30h.

Horário de subida à torre: Terça-feira a  sábado das  10:00 h as 16:45 h / Domingos e feriados das 13:00 h às 17:00 h.

Valor da entrada: Entrada gratuita com exceção da subida à torre. Para subir à torre:  adultos 2 € / estudantes 1,50 € / crianças até 12 anos 0,50 €.

Localização: Herrenstraße 36, Münsterplatz.

Site oficial : http://www.freiburgermuenster.info

 

2 – Augustinermuseum (Museu Agostiniano)

Antigamente o prédio onde o museu se situa era igreja do mosteiro da cidade de Freiburg. Em 1923, tornou-se museu.

O museu é dedicado a arte barroca, com esculturas e  quadros medievais. As pinturas do século 19, incluindo obras de Anselm Feuerbach, Franz Xaver Winterhalter e Hans Thoma, são exibidas no piso superior.

O museu é um dos pontos turísticos imperdíveis desta linda cidade.

Horário de funcionamento: De terça e quarta-feira das 10:00 h às 17:00 h/ de quinta a sábado das 10:00 h às 20:00 h / domingos das 10:00 h às 18:00 h.

Valor da entrada: 6 euros.

Localização: Augustinerplatz 79098, Freiburg im Breisgau.

Site oficial: http://www.freiburg.de/pb/,Len/237748.html

 

3 – Museu Arqueológico Colombischlossle

O Museu arqueológico foi construído entre 1859 a 1861 e conta com exposições de obras antigas e medievais da região. O museu conta com tours específicos de determinadas épocas, alem de ser interativo. O museu contém estatuetas femininas antigas e a mais antiga taça de vidro do norte dos Alpes.

Horário de funcionamento: De terça a domingo das 10:00 h às 17:00 h.

Valor da entrada: 3 euros.

Localização:  Rotteckring 5, 79098 Freiburg.

Site oficial: http://www.freiburg.de/pb/,Lde/237910.html

4 – Museu Natur und Mensch (Museu natural e do homem)

Museu educativo para toda família com coleções de história natural e enologia com coleções que falam sobre a idade da pedra, a origem da vida, entre outros assuntos.

Horário de funcionamento: De terça a domingo das 10:00 h às 17:00 h.

Valor da entrada: 3 euros.

Localização: Gerberau 32 ,79098 Freiburg.

Site oficial: http://www.freiburg.de/pb/,Lde/238070.html

 

5 – Munsterplatz

Uma das principais praças da cidade onde ocorre a famosa feira da cidade com a venda de flores, legumes e frutas. Nessa praça é possível apreciar a Catedral, além de outros prédios históricos como o Historisches Kaufhaus, datado de 1530.

 

6 – Rathausplatz

Praça onde está localizada a antiga e atual prefeitura da cidade de Freiburg. Em torno dessa praça e por todo o centro, você verá pequenas valetas de água, os famosos Bachle. Antigamente usada para combater incêndio e dar água aos animais, hoje diverte as crianças.

 

7 – Keidel Mineral-Thermalbad (Terma)

Pra quem quer relaxar, nada melhor do que descansar e aproveitar um terma. O local conta com mais de 6.000 metros quadrados e oferece piscinas, saunas, banho turco, massagens, etc.

Horário de funcionamento: Aberto diariamente das 9:00 h às 22:00 h / exceto as saunas e spa que funcionam das 10:00 h às 14:00 h.

Valor da entrada: Os valores variam de acordo com o serviço escolhido. Pesquisar diretamente no site oficial.

Localização: Springs 4, Freiburg im Breisgau.

Site oficial: http://www.keidelbad.de/start/

 

8 – Schwarzwald (Floresta Negra)

Com mais de 200 quilômetros de extensão, a floresta  negra é um dos pontos turísticos mais famosos da cidade de Freiburg. É possível chegar de carro até o monte Schauisland ou pelo teleférico. A subida pelo teleférico dura em torno de 20 minutos. No fim da subida, você estará a 1.200 metros de altitude e terá uma vista incrível da cidade.

Lá você poderá optar por fazer trilhas. Se tiver neve, pode esquiar ou descer de trenó. Além disso, é possível fazer um passeio pelo museus da mina Schauisland-Bergwerk. E por fim, apreciar o verdadeiro bolo floresta negra no restaurante de lá.

Reserve um dia do seu roteiro para esse passeio.

Horário de funcionamento do teleférico: Diariamente das 9:00 h às 17:00 h / de julho a setembro das 9:00 h às 18:00 h.

Valor da entrada: Para subida e descida pelo teleférico – adulto 12,50 euros / crianças 8 euros. Outros valores consulte site oficial abaixo.

Localização: Talstation Schauinslandbahn,  Straße 11, 79289 Horben.

Site oficial: http://www.schwarzwald-tourismus.info/  e  http://www.schauinslandbahn.de/

Pontos turísticos de Veneza

Muitos turistas que vão para a Itália incluem a cidade de Veneza em seus roteiros e não é pra menos, pois a cidade é linda e bem pitoresca. Com seus inúmeros canais e atrativos turísticos, a cidade atrai e encanta muitas pessoas por anos. Abaixo, listamos alguns dos principais e imperdíveis pontos turísticos da cidade:

1 – Ponte di Rialto

A Ponte di Rialto é um dos principais pontos turísticos de Veneza. Originalmente foi construída em madeira, no século XII. Porém, com o passar dos anos e várias quedas da ponte de madeira, ela teve que ser reconstruída em pedra no ano de 1591.

A ponte possui inúmeras lojas, muitas delas vendendo jóias de Murano ou artigos com as famosas pedras da Ilha de Murano. Você também encontrará nas lojas da ponte as famosas máscaras de Veneza.

A Ponte di Rialto é a mais antiga que cruza o Grande Canal e tem uma bela vista dele.

 

2 – Piazza San Marco

A praça San Marco, em Veneza, é a praça mais importante da cidade e muito conhecida no mundo inteiro. Abriga importantes monumentos históricos como: Basílica de San Marco, Palazzo Ducale, Campanile (torre que abriga os sinos da basílica) e a Torre do Relógio.

A praça fica na parte mais baixa da cidade e quando a água sobe do Mar Adriático, a praça é a primeira a ser atingida. É muito comum em algumas épocas a praça estar inundada. Com isso, são colocadas pontes elevadas de madeira para que os turistas e moradores possam se locomover por ela com mais facilidade.

 

3 – Basílica de San Marco

Localizada na praça San Marco, a basílica foi construída em 1063. A basílica muito visitada por turistas é recoberta de mármore e muitos mosaicos contendo ouro e bronze.

Lá dentro, você poderá apreciar também a famosa Pala D’Ouro , uma peça com cerca de dois metros de comprimento toda feita em ouro e pedras preciosas. Para apreciar essa peça você terá que pagar 2 euros. Essa peça é considerada uma das mais refinadas obras de arte bizantina.

Também vale visitar a sala dos Tesouros de San Marco com 283 peças bizantinas e objetos como copos, vestimentas, jóias, entre outros. Para visitar essa sala você deverá pagar o valor de 3 euros.

Valor da entrada: A entrada na basílica é gratuita.

Localização: Praça San Marco

Horário de funcionamento: Abre diariamente. De março/nov. de 9:45 às 17:00 h (segunda a sábado) e de 14:00 às 17:00 h (domingo e feriados); de nov/março de 9:45 às 17:00 h (segunda a sábado) e de 14:00 às 16:00 h (domingo e feriados).

Dica: É proibida a entrada com mochilas e bolsas grandes, decotes, saias curtas, ombros à mostra e bermudas.

Site: http://www.basilicasanmarco.it/

 

4 – Museu di San Marco

O Museu di San Marco fica localizado no segundo andar da Basílica di San Marco. No museu, você poderá admirar de perto os mosaicos da basílica, os objetos antigos da igreja, as esculturas e as partes que foram sendo substituídas nas restaurações da basílica, além de fotos de antes e depois das restaurações.

Outras peças importantes do Museu di San Marco e de Veneza são os cavalos di San Marco, quatros cavalos em tamanhos reais feitos de bronze.

Das sacadas do museu, você poderá ter uma vista belíssima da praça San Marco.

Valor da entrada: 5 euros.

Localização: Praça São Marcos – 328 – Veneza.

Horário de funcionamento:Aberto diariamente de 9:45 às 16:45 h.

Site: http://www.museosanmarco.it/

 

5 – Campanile 

Também localizada na praça San Marco, Campanile é uma torre onde você poderá ter uma vista belíssima da cidade de Veneza. Foi construída em 1173 para ser um farol e foi reconstruída em 1902 após ter desmoronado.

Para quem gosta de apreciar a cidade de cima e tirar belíssimas fotos, vale a visita.

Valor da entrada: 8 euros.

Localização: Praça San Marco.

Horário de funcionamento: Outubro de 9:00 às 19:00 / de novembro a abril, de 9:30 às 15:45 h/ junho de 9:00 às 19:00 h/de julho a setembro de 9:00 às 21:00 h.

Site: http://www.basilicasanmarco.it

 

6 – Palazzo Ducale

Localizado na Praça San Marco, o palácio Ducale era residência de Doge (dirigente ou governante de Veneza). O palácio foi construído entre 1309 e 1424.

Na fachada do palácio, você poderá ver duas colunas de mármore vermelho. Eram dessas colunas que o nome de condenados pela república eram anunciados.

O palácio possui várias salas importantes que fazem parte da história de Veneza.

Valor da entrada: 18 euros integrado a outros museus (incluindo Museu Correr, Museu Arqueológico Nacional e Biblioteca Nacional Marciana).

Localização: Praça San Marco.

Horário de funcionamento: Aberto diariamente de 8:30 às 19:00 h.

Site: http://palazzoducale.visitmuve.it/

 

7 – Grande Canal e passeio de Gôndola

O Grande Canal é a maior via de navegação dentro da cidade de  Veneza. Beirando o canal há prédios, casas e palácios.

Você poderá dar um passeio pelo canal com as famosas gôndolas, transporte usado antigamente na locomoção dos moradores da cidade. Porém, hoje, somente servem de passeio aos turistas. Além das gôndolas, o grande canal possui barcos motorizados o atual vaporetto.

Valor do passeio de gôndola: Por volta de 80 euros para duas pessoas (com duração de aproximadamente 30 a 40 minutos).

Valor do vaporetto: 6.50 euros por pessoa.

Site: http://www.gondolavenezia.it/

 

8 – Ilha de Murano

A Ilha de Murano é muito visitada por turistas. É mundialmente conhecida pelos artigos de vidro fabricados por lá. A ilha fica a 30 minutos de Veneza, aproximadamente 1 km, indo de vaporetto. Você poderá comprar desde jóias feitas de vidro até artigos de casa e decoração.

Caso tenha um dia a mais em sua viagem, coloque a Ilha de Murano em seu roteiro.

 

9 – Galleria dell’ Academia

Museu que abriga obras importantes de Veneza, do século 14 ao 18. O museu fica localizado ao lado da igreja de Santa Maria della Caritá Farto.

Entre os destaques do museu estão Tintoretto, Ticiano, Tiepolo, Veronese, Canaletto, entre outros.

Valor da entrada: 6.50 euros.

Localização: Campo Carità, Dorsoduro, 1050.

Horário de funcionamento: Segunda-feira de 8:15 às 14:00 h / Terça à domingo de 8:15 às 19:15 h.

Site: http://www.gallerieaccademia.org/

 

10 – Torre do Relógio

Situada também na praça San Marco, foi construída  no final do seculo 15. A torre simboliza a sede dos poderes políticos e religiosos. No alto do relógio está a figura do leão alado de San Marco, símbolo da cidade de Veneza. O relógio além de mostrar as horas, mostra o dia, as fases da lua e o zodíaco.

Localização: Praça San Marco.

Gostou das dicas dos atrativos e pontos turísticos de Veneza? Então, leia e anote nossas dicas e boa viagem!!!

Principais pontos turísticos de Milão

Quer conhecer mais sobre Milão? Então leia e anote nossas dicas dos principais pontos turísticos dessa linda cidade:

1- Duomo di Milano:

O Duomo é a catedral de Milão, principal ponto turístico da cidade italiana. Com sua magnitude e grandeza, a catedral é um dos lugares mais visitados. A catedral em estilo gótico, chama muito atenção por seus inúmeros detalhes por dentro e por fora. A catedral começou a ser construída em 1387 e o término se deu em 1809. A construção da igreja foi tão complexa por seus detalhes, que demorou mais de 4 séculos para ser concluída. Além da visita ao interior da igreja, você poderá visitar o seu museu. A catedral é imperdível e vale visitar, conhecer e tirar belíssimas fotos.

Horário de funcionamento: Diariamente das 8:00 às 21:00 h.

Valor da entrada: 2 euros para entrada no museu e 4 euros para área arqueológica. Para visita ao terraço,8 euros adulto e 4 euros crianças (6 a 12 anos) usando as escadas. Para subir de elevador, 13 euros adultos e 7 euros crianças (6 a 12 anos).

LocalizaçãoVia Arcivescovado, Milão.

Site: http://www.duomomilano.it/

2 – Galeria Vittorio Emanuele II:

Ao lado do Duomo di Milano, a Galeria Vittorio Emanuele II, desenhada por Giuseppe Mengoni, é uma galeria que contém as mais famosas lojas de marcas italianas. A galeria liga a praça Duomo à praça Scala. Alem das lojas, você encontrará alguns restaurantes e cafés na galeria. Sua beleza é um ponto a parte, com uma cúpula bem no centro e toda feita de placas de vidro e ferro.

Um dos grandes atrativos da galeria é a imagem de um touro desenhado no chão. Milhares de turistas seguem o ritual de pisar com o calcanhar em seus testículos, pois dizem que o gesto traz sorte. Não deixe de dar um passeio e admirar essa bela galeria.

Localização: Piazza del Duomo, 20123 Milão.

 

3 – Igreja Santa Maria delle Grazie 

A igreja Santa Maria delle Grazie abriga uma das obras prima de Leonardo da Vinci, a pintura A Última Ceia, de 1492. A obra é patrimônio da Unesco e recebe diariamente muitos turistas. A dica é adquirir o ingresso antecipadamente.

Horário de funcionamento:Diariamente das 8:15 às 19:00 h.

Valor da entrada: 8 euros.

Localização: Piazza Santa Maria delle Grazie, 2 Milão.

 

4 – Castelo Sforzesco:

O Castelo foi construído no século 15 e é um dos símbolos importantes da cidade de Milão. O castelo sofreu bastantes modificações durante os anos. Hoje, abriga museus no seu interior com obras de Michelangelo, Tintoretto, dentre outros. Aos fundos do castelo, você poderá fazer uma passeio incrível nos jardins do Parco Sempione. Tire algumas horas do seu dia e vá fazer uma visita ao castelo, museu e parque.

Horário de funcionamento: O castelo abre diariamente das 7:00 às 19:30 h. Os museus abrem de terca a domingo das 9:00 às 19:30 h.

Valor da entrada: Para os museus, 5 euros.

Localização: Piazza Castello, 3, Milão.

Site: http://www.milanocastello.it/ita/home.html

 

5 – Navigli:

Um dos pontos mais visitados no período noturno é o Navigli, um bairro da cidade de Milão cortado por canais. O local abriga vários restaurantes, cantinas e casas noturnas. Os restaurantes tem preços modestos e é uma ótima pedida para quem não pretende gastar muito e quer conhecer mais um lugar desta cidade.

Um costume tipico do local é o famoso aperitivo, onde você paga por uma bebida e pode consumir o buffet com variados petiscos.

Localização: Via Angelo Fumagalli, 1, Navigli, Milão

 

6 – Museu Nacional de Ciencia e Tecnologia de Leonardo da Vinci:

O museu conta com inúmeras obras de Leonardo da Vinci, não só as pinturas, mas todas as outras invenções e obras desse grande artista. O museu é incrível e conta com um imenso acervo como: instrumentos musicais, trens, aviões, submarinos, entre outros objetos incríveis.

O museu vale a visita. Recomendo que tire várias horas do seu dia para ver tudo com calma.

Horário de funcionamento: Aberto de terça a domingo, nos dias de semana das 9:30 às 19:00 h. Sábados das 9:30 às 21:30 h e domingos das 9:30 às 19:00 h.

Valor da entrada: 10 euros adultos e 7.50 euros crianças de 3 a 13 anos e idosos acima de 65 anos.

Localização: Via San Vittore, 21.

Site: http://www.museoscienza.org/

 

7 – Teatro Alla Scala:

Construído em 1776 pelo arquiteto Giuseppe Piermarini, um dos mais famosos teatros da Itália tem capacidade para acomodar 2015 espectadores .O teatro já foi palco de apresentações do maestro italiano Toscanini. Você poderá fazer uma visita no interior do teatro ou até mesmo assistir a um espetáculo. Acompanhe a agenda do teatro para fazer uma visita.

Horário de funcionamento: Diariamente das 9:00 às 17:30 h (fechado entre 12:30 e 13:30 h).

Valor da entrada: 7 euros.

Localização: Piazza Scala, Milão.

Site: http://www.teatroallascala.org/

A cidade de Milão tem vários lugares para serem conhecidos e admirados. Anote nossas dicas e boa viagem!!!

Pontos turísticos de Roma

Abaixo irei listar alguns dos principais pontos turísticos de Roma:

1 – Monumento em homenagem a Vittorio Emanuelle II:

O monumento em homenagem ao primeiro rei da Itália independente, Vittorio Emanuelle II, fica localizado na Piazza Venezia, um monumento com mais de 136 m de largura. Neste local, fica também o tumulo do soldado desconhecido, representando todos os soldados da Primeira Guerra Mundial. O monumento chama bastante atenção e vale para tirar algumas fotos.

Localização:  Piazza Venezia.

2 – Fontana de Trevi:

Um dos pontos turísticos mais visitados de Roma, foi inaugurada em 1735. Não deixe de visita-lá e jogar uma moeda, pois dizem que fazer isso garante mais uma visita a Roma. A Fontana fica lotada durante o dia com muitos turistas, então, tente ir ao local o mais cedo possível para poder apreciar o ponto turístico com mais calma.

Localização: Via delle Muratte, 9, Roma.

3 – Fórum Romano

O Fórum Romano, centro da vida politica e judiciaria da antiga Roma, se tornou um sitio arqueológico, localizado entre os montes Capitolino e Palatino. Lá, você encontrará o Templo de Antonino e Faustina, Basílica de Massenzio, dentre outros. O sitio arqueológico é muito bem conservado e conta com especialistas que cuidam para que nada se perca com o tempo. Para saber a fundo sobre o local, a dica é fazer a visita com um guia e obter o máximo de informações.

Localização: Via della Salaria Vecchia, 5, Roma.

Horário de funcionamento: Diariamente de 8:30 às 16:30 h.

Valor do ingresso: 12 euros, dá direito a entrar no Coliseu e Palatino.

4 – Coliseu:

Um dos pontos turísticos imperdíveis de Roma é o Coliseu.Construído pelo imperador Vespasiano, foi palco de combates mortais entre animais e gladiadores, com até 73 mil expectadores. O local é simbolo do império romano e vale a visita para apreciar o local.

Dica: A visita às ruínas do Coliseu são muito concorridas. É sempre bom comprar o ingresso com antecedência, pois as filas no local são gigantescas.

Localização: Piazza del Colosseo, Roma.

Horário de funcionamento: Abre diariamente das 8:30 às 16:30 h.

Valor do ingresso: 12 euros, dá direito a entrar no Coliseu e Palatino.

5 – Palatino

O monte Palatino é uma das sete colinas de Roma. Serviu de moradia para alguns imperadores romanos. O local abriga ruínas , o museu Palatino com esculturas romanas, entre outros.

Localização: Via di San Gregorio, 30, Roma.

Horário de funcionamento: Abre diariamente das 8:30 às 19:00 h.

Valor do ingresso: 12 euros, dá direito a entrar no Coliseu e Palatino.

6 – Cidade do Vaticano (Basílica de São Pedro):

A cidade do Vaticano é o menor estado independente do mundo. A Basílica de São Pedro, que fica na praça de São Pedro, é onde se situam os museus do Vaticano e a famosa Capela Sistina.  Lá, você poderá visitar a Basílica de São Pedro e alguns dos museus do Vaticano.

Você poderá ainda visitar a cúpula de Michelangelo no alto da Basílica. Até o topo, são mais de 300 degraus.

Horário de funcionamento da Basílica de São Pedro: Diariamente de 7:00 às 19:00 h (de abril a setembro) e das 7:00 às 18:00 h (de outubro a março).

Ingresso para Basílica de São Pedro: gratuito. Atenção: é proibido adentrar com saias acima do joelho, bermudas e decotes.

Ingresso para subir ate a cúpula de Michelangelo: 6 euros de escada e 7 euros de elevador.

LocalizaçãoPiazza San Pietro 00120, Vaticano.

Site: http://w2.vatican.va/content/vatican/it.html

7 – Museus do Vaticano

Os museus do Vaticano são um conglomerado de obras de grandes artistas como: Rafael, Van Gogh, Leonardo da Vinci, dentre outros. Além das obras que encontra por lá, poderá visitar a Capela Sistina com as pinturas de Michelangelo e onde acontece o conclaves dos Papas.

O museu é muito grande e visitado. Para conseguir ver boa parte das obras, tire algumas horas do seu dia para aproveitar este incrível passeio e não deixe de aquirir  com antecedência seu ingresso.

Horário de funcionamento: Abre de segunda a sábado das 9:00 às 18:00 h e no primeiro domingo do mês das 9:00 às 14:00 h.

Valor da entrada:16 euros inteira e 8 euros meia entrada. No primeiro domingo do mês, a entrada é gratuita até as 12:30 h.

Localização: Viale Vaticano, Vaticano.

Site: http://www.museivaticani.va/

8 – Phanteon:

O Phanteon é uma das construções mais antigas e conservadas de Roma, com uma cúpula que possui mais de 43 m de altura. O Phanteon antigamente era um templo dedicado ao deuses romanos. Atualmente, é um templo cristão. O corpo do antigo rei da Itália, Vittorio Emmanuele II, encontra-se enterrado lá. O local é bem impressionante pela arquitetura e vale uma visita.

Horário de funcionamento: Segunda a sábado das 9:00 às 19:30 h e aos domingos das 9:00 às 18:00 h.

Valor da entrada: Entrada gratuita.

LocalizaçãoPiazza della Rotonda, Roma.

Site: http://www.pantheonroma.com/it

9- Piazza di Spagna (Praça da Espanha):

A praça de Espanha é um dos lugares deslumbrantes da cidade de Roma. A praça está sempre cheia de turistas e moradores locais. Na praça, há uma enorme escadaria que leva até a igreja Trinitá dei Monti e no meio da praça você verá a famosa fonte da Barcaccia (Barco), de Pietro Bernini, do século 17.

O passeio na praça é muito agradável e vale fazer à noite ou de dia. Não deixe de conhecer.

Localização: Piazza di Spagna, Roma.

 

Enfim, anote cada dica e planeje sua visita a Roma com calma para não deixar de conhecer nenhum ponto turístico.

Valores e horários dos atrativos poderão sofrer alterações sem aviso prévio.

Balneário Camboriú

Balneário Camboriú, localizada no litoral norte de Santa Catarina, possui belíssimas praias e muitos atrativos turísticos.

Balneário é contemplada de muita natureza e atrai muitos visitantes na época de férias e do verão. Na Avenida Atlântica, principal avenida da cidade, você encontrará prédios altíssimos beirando a orla, além de lanchonetes, bares e restaurantes.

Um dos vários atrativos da cidade é o Parque Unipraias, que liga a praia principal a praia de Laranjeiras. Com um teleférico que lembra muito o do Pão de Açúcar no RJ, esse parque dispõe de mirante, trilhas, passeio de trenó pela montanha, entre outros.

Além das diversificadas praias, você poderá ter um bela vista da cidade no monte onde há um monumento do cristo redentor – o Cristo Luz – que durante a noite fica iluminado por varias luzes direcionadas ao monumento.

Um outro passeio interessante é pegar um ônibus que leva o nome de Bondinho que percorre as duas principais avenidas da cidade: a Avenida Brasil e Avenida Atlântica, e que leva até o Parque Unipraias.

Além das atracões citadas acima, você poderá conhecer outras cidades próximas a Balneário Camboriú como: Penha, onde fica o parque Beto Carrero World, Itajaí e Blumenau.

A cidade é muito tranquila e organizada, porém nas  épocas de férias e do verão, fica mais movimentada e o turista terá que ter mais paciência.

A cidade vale a visita, para quem quer descansar e curtir várias praias. Leia nosso post sobre Beto Carrero World.