Orlando

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um dos destinos no topo da lista de desejos de viagem dos brasileiros é Orlando, nos Estados Unidos. Orlando é muito desejado pois o seu principal atrativo são os parques da Disney e da Universal Studios. A cidade possui toda uma infra estrutura para atender a demanda dos turistas que buscam a cidade para curtir os parques. Além disso, a cidade gira em torno do turismo, há muitas outras opções de entretenimento, hotéis e outlets para compras.

Orlando fica no estado da Flórida e, por isso, possui um clima super agradável. Por lá, você não pegara temperaturas abaixo de zero e muito menos neve no inverno. Com uma boa infra estrutura de vias, parques, entretenimento, restaurantes e shoppings, o destino é muito buscado por famílias do mundo todo, especialmente os brasileiros.

Para conhecer bem a cidade, eu diria que é necessário reservar, no mínimo, 10 dias. Nesse tempo, você terá a oportunidade de ir aos parques, conhecer os outros atrativos da cidade e fazer compras. Se você não puder reservar tantos dias, tente agregar o que mais te interessa e que é imperdível por lá.

Vai para os parques? Orlando possui muitos parques espalhados por toda cidade. Os mais procurados são os do complexo da Disney, com um total de 6 parques, e os da Universal Studios, com 3 parques. Além desses parques, ainda é possível visitar o Sea World e outros que ficam em Tampa, cidade localizada a poucos quilômetros de Orlando. Neste link, dou dicas sobre os parques de Orlando.

Atenção: compre ingressos somente de agências e sites confiáveis. Muitas pessoas caem em golpes por lá em chamariz de preços muito atrativos. Eles estão espalhados na cidade toda. Tome muito cuidado, pois há muitos ingressos falsos e campanhas de marketing que te fazem perder o dia inteiro para ganhar descontos nos ingressos.

Para os que buscam a cidade para compras, a cidade possui muitos outlets e lojas espalhadas. Os principais outlets por lá são Premium Outlet, The Florida Mall, Lake Buena Vista Factory e o Mall at Millenia. Não deixe de imprimir os cupons de descontos para compras nos outlets. Entre no respectivo site e imprima-os ou pegue-os na própria entrada dos outlets. Muitos disponibilizam um caderno  com descontos. Mas, agora se você está a busca de super descontos, eu recomendo visitar as lojas Ross Dress For Less, Marshalls, T.J. Maxx, Burlington e Dollar Tree. Essas lojas recebem muitas mercadorias das grandes lojas de marca e remarcam tudo por preços incríveis. Vale a pena visitar pelo menos uma delas.

Planeje sua viagem com bastante antecedência. Isso vai te fazer gastar menos e ter uma experiência mais rica. Tire um tempo para olhar com calma os hotéis onde irá se hospedar, veja sua localização e o que ele tem para oferecer. Alugue um carro! Você verá que isso faz toda diferença na sua estadia e na sua locomoção pela cidade, uma vez que as distâncias são muito grandes na cidade e o transporte público não é assim tão farto. Neste link, dou dicas de como alugar um carro por lá.

Outra dica é comprar um chip internacional para poder utilizar o celular com internet ilimitada e GPS. Geralmente, os planos do Brasil são bem mais caros que os de lá. Neste link, também dou dicas de como comprar um chip internacional ainda do Brasil.

Outros dois locais que recomendo a visita em Orlando tanto para compras quanto para entretenimento por conta dos shows, restaurantes e outras atrações são o Disney Springs e o Universal Citywalk.

Gostou deste post? Não deixe de ler os outros com mais dicas sobre Orlando.

Dicas de como alugar um carro em Orlando ou Miami

Uma das etapas para organizar uma boa viagem para Orlando é alugar um carro. Muitas pessoas optam por essa alternativa, pois as distancias por lá são grandes e o transporte público não é tao farto. Além disso, o conforto de se locomover para onde quiser a qualquer momento se alia com o espaço para acomodar as compras.

A maioria dos turistas já saem do Brasil com carro alugado, outros optam por alugar direto na chegada ao aeroporto. Minha dica sempre é que, se você pode alugar daqui e já chegar la no seu destino com tudo certo, para que deixar para resolver isso lá?

Para isso nós estamos aqui! Para ajuda-los com todas as dicas para já alugar seu carro do Brasil. Abaixo, seguem alguns itens necessários para aluguel de um carro no exterior:

  • Ser maior de 25 anos. Para menores de 25 anos, uma taxa extra é cobrada;
  • Possuir carteira de motorista válida com foto;
  • Contratar um seguro. Logo abaixo explico alguns deles;
  • Alugar itens opcionais como GPS, cadeira para crianças, entre outros;
  • Se você possuir uma carteira internacional de habilitação, também recomendo levá-la;
  • Possuir um cartão de credito internacional.

O processo é muito tranquilo.  Basta visitar sites internacionais de aluguel de carro e fazer a reserva. Indico sempre a Rentcars.com ou a Rentalcars.com, que são empresas confiáveis e que trabalham com várias operadoras de carro. Nesses sites, você coloca o local de retirada e devolução ou também pode optar por devolver o veículo em um local diferente da retirada. É só selecionar essa opção no menu da página. Além disso, deve colocar o dia e horário da retirada e da devolução, para cálculo da cobrança de diárias, e sua idade, para cálculos referentes ao seguro. Uma página com vários modelos de carro aparece e você escolhe aquele que quer. Fique sempre atento e leia tudo o que a oferta oferece, tais como opcionais, seguros, formas de pagamento e cancelamento. Leia o contrato com atenção!!

Sempre dou a dica para optar por pagar online, já com seguros e adicionais inclusos, pois assim você não terá que arcar com mais nada no destino. Apesar disso, os operadores da locadora vão sempre lhe oferecer diversos opcionais no balcão na hora da retirada do carro. Fique atento para não ser enganado ou contratar algo que não seja realmente necessário. Outra dica é sempre optar por carros que tenham cancelamento gratuito. Imprevistos podem acontecer e você não irá querer arcar com algo que não poderá utilizar.

Se preferir não ter muito trabalho, do Brasil mesmo, você poderá entrar em contato com uma agência de turismo e ela mesmo fará a reserva para você.

Quanto aos seguros, segue uma breve descrição para que possa escolher com base em mais informações:

– CDW, LDW (proteção total):  O locatário fica isento, de forma parcial, do envolvimento com os gastos em decorrência de prejuízos com o carro alugado em casos de roubo, furto, incêndio, perda total e danos ocasionados por colisões e acidentes. Geralmente, a locadora já oferece esse seguro incluso na tarifa.

– CPP, PAI, PEC, PAEC ou PTI (proteção pessoal):  Cobertura  no caso de morte acidental e para despesas médicas por lesões causadas durante um acidente.

– EP, LIS, LP ou ALI (proteção contra terceiros): Cobertura  para danos materiais e pessoais causados em terceiros durante acidentes com o automóvel alugado. Aqui, o locatário deverá assumir apenas a franquia ou co-participação estabelecida no contrato. Muitas empresas também oferecem esse seguro já incluso na tarifa. Ela geralmente é uma tarifa de aluguel mais cara, mas que já inclui esse seguro.

A maioria dos carros já vem com seguro básico incluso, o que é ótimo. Mas fica a critério do locador optar por seguros que abranjam mais itens. Opcionais como cadeirinhas de criança e GPS são da escolha de cada um. Mas, sempre informo, crianças pequenas devem utilizar a cadeira de acordo com a sua faixa etária. Isso é lei e a infração obviamente pode levar a multas! Além disso, caso você não alugue, estará colocando seu filho em risco. GPS é algo imprescindível em uma viajem fora do país. Mas, se você tiver um bom Smartphone com acesso à internet, poderá utilizá-lo e não precisará gastar com o aluguel do aparelho. Uma opção de se manter conectado nos E.U.A. é contratar e instalar um chip internacional em seu celular para ter franquia de internet e, assim poder utilizá-lo como GPS.

Dica: Recomendo a compra e instalação do chip internacional. Você verá que no final das contas sairá mais barato do que usar os serviços de sua operadora do Brasil. Neste link, segue a dica de como comprar um chip internacional ainda em nosso país antes de sua viagem.

Outra coisa super importante é sobre o bloqueio do valor caução. Todas as operadoras de aluguel de carro cobram um valor caução para retirada do carro. Cada operadora estipula um valor. Porém, no ato da devolução, se o carro não tiver sofrido nenhuma avaria o valor é desbloqueado do cartão. Outros custos com pedágios, multas, etc. também são descontados do valor caução. Alguns pedágios em Orlando e Miami não tem guichê de cobrança. São os famosos Toll-by-Plate. Nesse sistema, um sensor lê a placa do carro e cobra o pedágio do proprietário, no caso a locadora, que depois transfere a cobrança para você. Isso também acontece com as multas.

Uma dica importante é sobre o sistema de câmbio dos carros nos E.U.A. Caso você nunca tenha dirigido um carro automático, recomendo dar uma lida de como fazê-lo, pois lá todos os carros têm esse tipo  de câmbio. Além disso, recomendo ler as leis de trânsito e pegar dicas de como dirigir em Orlando e Miami. Não é nada complicado, mas vale a pena a leitura.

Ficou com alguma dúvida? Quer dar uma sugestão ? Precisa de ajuda para alugar um carro? Envie-nos um e-mail ou escreva abaixo desse post. Será um prazer ajudá-los.

Disney com Economia

 

 

Daniel Belalian, 26 anos, jornalista é nosso colaborador, esteve no ano de 2016 na Disney. E nesse post nos conta como economizar por lá. O texto e fotos abaixo foram cedidos por Daniel Belalian, e são de sua autoria.

 

 

Sempre quis ir pra Disney, mas nunca viu maneira barata de ir? Estou aqui para te ajudar então. Fiz este artigo baseado em minha viagem e como sou bem mão de vaca, consegui economizar muito e me divertir mais ainda. Darei algumas dicas importantes para quem quer ir e se preocupa com o bolso.

 

Planejando a Viagem

Faz anos que queria ir pra Disney, porém nunca parei pra me programar corretamente, e percebi que o planejamento é 70% do sucesso da economia. Reservar hotéis, passagens, transporte, tudo é feito nesse momento. Não gosto de contratar agências de viagens, pois a viagem não será tão personalizada quanto se eu mesmo organizá-la. E saiu do jeitinho que quis. Por isso, se puder planejar sozinho, planeje.

Não gastei nada com agências, porém tive mais trabalho, tive que ficar de olho em todas as promoções, seja ela de hotel, passagem e até baixas do dólar. Mas me diverti fazendo isso.

 

Alimentação

          Assim que chegar ao aeroporto de Orlando vá para o Walmart e compre todo seu estoque de comida da viagem, bolachas, barras de cereais e coisas do tipo são muito boas para se alimentar sem precisar ir a algum restaurante.

Você os pode levar para Disney, para Outlets e qualquer outro local que for, sempre na mochila te ajudarão na hora da fome. Passei 8 dias lá e gastei algo em torno de 50 dólares no mercado para me alimentar todos os dias. Comi muito sanduíche durante a semana (hahaha).

 

Onde Ficar

Hotel é muito importante e onde se tem que ter muito cuidado, olhar com calma sua localização e tudo que está incluso na reserva, como café da manhã e locomoção para parques e Outlets.

Se tiver ambos, perfeito, só compare com o preço de outros hotéis para ver se vale realmente a pena. Se você for em 4 ou 5 pessoas a parte de locomoção pode ser trocada por alugar um carro, por exemplo, já que o preço não sairá nada alto quando dividido entre todos.

Café da manhã é importante, pois pra quem vai economizar pra valer pode aproveitar o café da manhã pra comer bem, hotéis tem um café da manha farto em Orlando. Eu optei por dar prioridade ao bom preço e com café da manhã incluso.

O Rodeway Inn Maingate foi o meu escolhido, um hotel 3 estrelas, simples mas bonito e de com boa localização para o preço, ficava há uma hora de ônibus da Disney e foi meu meio de transporte escolhido para ir. E o valor total da estadia não passou de 300 dólares na época.

Não esqueça que hotéis da Disney tem transporte gratuito para os parques, porém algumas vezes o preço do hotel pode não compensar tanto já que o ticket de ônibus custa 2 dólares.

 

Trocando as Moedas

          Separe tempo para essa tarefa, o dólar se mexe devagar comparado ao real então pode levar um mês para ter uma queda significativa e boa para começar a comprar. Nunca compre tudo de uma vez, sempre aos poucos esperando os melhores momentos para isso.

Em 4 meses consegui comprar tudo que necessitava (e algo mais, pois acabou sobrando alguns dólares ao fim da viagem). E o valor médio foi ótimo.

 

Já na Disney

          Descanse bem para esse dia, pois você vai caminhar muito por lá. No parque você terá muitas atividades para curtir tente aproveitar o máximo por lá. Restaurantes da Disney são caros leve alguma comida para te não ficar com fome, como alguns sanduíches e água.

Evite comprar lembrancinhas por lá, espere até ir a alguma loja da Disney fora da Disney. Os produtos são os mesmo, porém os preços são muito mais baixos. E lembre-se que a água é absurdamente cara lá dentro, algo em torno de 5 dólares! Leve sua garrafinha.

 

Nos Outlets

Quem quer uma grande economia deve planejar bem este dia, pois as tentações são muitas, muitas roupas lindas a preços bem baixos. Cuidado para não comprar além do planejado e ficar sem dinheiro para os outros dias.

O ideal é aos Outlets no penúltimo dia na cidade, pois você será forçado a segurar bem o dinheiro durante a estadia e no último dia sua recompensa por ter se segurado é gastar o que sobrou lá. Foi o que eu fiz, fui ao Orlando International Outlet. Escolhi este por indicações mesmo, não sei dizer se é o melhor, mas gostei bastante de lá e dos preços também. Restou em torno de 400 dólares para gastar no Outlet e passar mais um dia em Orlando. Eu não sou muito consumista, mas comprei várias camisas, casacos e uma mochila por lá.

Existem cupons de desconto no site dos Outlets onde você pode imprimir e usá-los por lá. Escolha bem seus cupons e use o máximo possível. Eles também vendem um caderninho de cupons por lá, no valor de 5 dólares, são descontos diferentes dos encontrados na internet, porém muito úteis também

 

Agora você já tem tudo que precisa para começar a planejar sua viagem para Disney! Aproveite muito e gaste pouco com essas dicas. Consegui viajar por 8 dias e ainda sobraram dólares, me surpreendi com minha economia.

Disney Magic Kingdon

 

Queima de fogos (Magic Kingdon)

 

Desfile Magic Kingdon

Disneyland Paris

 

Você sabia que pode visitar dois parques da Disney estando na Europa? Pois sim, você pode. Estou falando do Disneyland Paris ou antiga Eurodisney.

Você poderá tirar um ou dois dias de seu roteiro de Paris para visitar o parque. O complexo fica localizado em Marne-Ia-Vallée a trinta quilômetros do centro de Paris. O complexo é dividido em dois parques: o Disneyland e o Walt Disney Studios. O acesso aos parques poderá ser feito através de trem, com o RER que sai do aeroporto, carro ou ônibus de turismo. Caso sua opção seja ir de trem, você ira em direção a estacão Marne-Ia-Vallée (RER A4), que te deixará em frente ao parque.

O que esperar dos parques:

Os parques são menores do que os de Orlando nos EUA, porém não deixam a desejar. Logo na entrada você verá o Disneyland Hotel, situado dentro do parque. Com aproximadamente 496 luxuosos quartos, você poderá desfrutar de toda magia Disney na sua hospedagem. Porém, prepare-se, pois as diárias no hotel são bem salgadas. Além do hotel, você irá encontrar uma gama de lojas para compra de souvenir e presentes relacionados a Disney.

Nos parques, há inúmeras atrações. Na Disneyland, o destaque fica para o castelo da Bela Adormecida, lindo e imponente, bem no centro do parque. Além do castelo, há diversas montanhas russas e brinquedos infantis – todos com temas de desenhos e filmes. Além disso, é claro, há os famosos personagens, que passeiam pelo parque durante o dia: Piratas do Caribe, Peter Pan, Alice no País das Maravilhas e as famosas princesas da Disney.

Ainda na Disneyland, você verá a famosa parada, um desfile que ocorre todos os dias por volta das 17 h com vários personagens, especialmente o Mickey e a Minnie. O desfile é imperdível. No final da noite, você poderá assistir à queima de fogos, que ocorre no castelo da Bela Adormecida.

No parque Walt Disney Studios, que fica ao lado da Disneyland, você irá encontrar atrações ligada a vários filmes da Disney: Armagedom, Monstros S.A., Procurando Nemo, Toy Story, etc. Alem dos passeios pelos estúdios, você poderá  assistir a uma apresentação de como os filmes e desenhos são produzidos.

Ambos os parque possuem lojas para compras e uma diversidade de restaurantes.

Você poderá adquirir seu ingresso pela internet, no site oficial da Disneyland Paris. No site, haverá opções de ingresso para um dia e dois dias e para um ou dois parques.

Caso tenha tempo disponível, vale a pena comprar ingressos para dois dias e se divertir em todas as atrações dos parque. Vale lembrar que em dias de semana o parque é mais tranquilo, e que no verão europeu fica mais cheio, e você perderá algum tempo nas filas.

Valor dos ingressos:

1 dia com dois parques – 94 euros adulto e 86 euros criança (valores sujeitos a alteração).

1 dias com um parque- 79 euros adulto e 71 euros criança (valores sujeitos a alteração).

Crianças menores de 3 anos não precisam de bilhete.

Horário de funcionamento:

Disneyland Paris: 10 às 23 h no verão europeu e de 10 às 20 h no inverno europeu.

Walt Disney Studios: 10 às 21 hrs no verão europeu e de 10 às 18 hrs no inverno europeu.

Melhor época para visitar:

Verão europeu entre junho e agosto, pois o parque fecha mais tarde e você aproveita mais as atrações. Porém nesta época, haverá mais visitantes.