Frankfurt

 

 

Frankfurt é uma cidade que, para muitos, é apenas um ponto de chegada, de partida ou de conexão na Alemanha. Além disso, é o grande centro financeiro do país, geralmente comparada à São Paulo, no Brasil. Mas, apesar disso, a cidade tem seu charme e pontos turísticos interessantes. Para conhecê-la, você não precisará de muitos dias. Talvez uns dois ou três já serão o suficiente para desbravar os seus principais atrativos.

Margeada pelo Rio Meno, a cidade de Frankfurt dispõe de ótimos restaurantes, alguns museus, outros atrativos e belas paisagens. Sua arquitetura tem um misto de moderno, com grandes prédios, e construções antigas.

Comece desbravando o centro antigo pela Romerberg, praça onde encontra a igreja Alte Nikolaikirche, a Prefeitura e a Fonte da Justiça. Ainda por ali, é possível visitar a Kaiserdom Catedral Gótica de S. Bartolomeu, considerada um dos símbolos da cidade. Próximo à praça, você poderá almoçar e dar uma volta pelo shopping MyZeil, que possui uma arquitetura muito moderna e chama muito atenção. Vale lembrar que o centro antigo foi todo reconstruído após a segunda guerra, que destruiu boa parte de Frankfurt.

Após o passeio pelo centro, vá caminhando pela Ponte de Ferro (Eiserner Steg), um ícone da cidade com uma bela vista do Rio Meno. Aproveite para conhecer alguns museus como o Stadel (museu de arte), Historisches Museum (museu sobre Frankfurt), Deutsches Filmmuseum (museu interativo sobre cinema), Museu Arqueológico e o Weltkulturen Museum (culturas do mundo). Todos esses museus estão concentrados na região Museumsufer.

E estando na cidade, não deixe de saborear as legítimas salsichas alemãs, o chucrute, o joelho de porco e o tradicional vinho de maçã. Uma dica para degustar o vinho é  ir até o Apfelwein Adolf Wagner. Você pode degustar várias dessa delicias em um Kleinmarkhalle, que fica bem no centro turístico.

Já pelo centro moderno de Frankfurt, é possível conhecer a Torre Eschenheimer, com 50 metros de altura. A torre é a unica construção medieval existente ainda na cidade. Outro ponto turístico da cidade é a Alter Opera, um majestoso prédio que quase foi completamente destruído na segunda guerra.

E para quem gosta de apreciar e curtir algumas horas em um belo parque, eu indico o Grüneburgpark, um dos principais parques da cidade de Frankfurt com muito espaço verde para ser apreciado.

Gostou das dicas? Então, não deixe de ler este post com os endereços e detalhes dos museus e atrativos citados aqui.

Precisa de hospedagem em Frankfurt? Não deixe de pesquisar as opções no maior site de hotéis e pousadas do mundo, o Booking.com.

Pontos turísticos de Berlim

O seu próximo destino é a Alemanha? Berlim está entre as cidades que irá visitar?

Ótimo, abaixo listo os principais pontos turísticos da cidade e suas informações. Não deixe de ler esse outro post com mais dicas desta incrível cidade.

1 – Portão de Bradenburgo

Cartão postal da cidade, foi construído em 1791 e servia como um dos portões de entrada da cidade. Na época em que a cidade foi dividida pelo muro, o portão ficou quase 30 anos do lado oriental. Muitos se lembram do monumento como palco da derrubada do muro de Berlim, largamente noticiada pela mídia no ano de 1989.

Localização: Pariser Platz, 10117.

2 – Ilha dos museus

Local dedicado à arte e às ciências, a Ilha dos museus localizada no rio Spree (distrito de Mitte), possui cinco renomados museus. São eles: o Altes Museum (abriga coleção de artes da familia real da Prússia), o Neus Museum (abriga coleções do antigo Egito, pré história e história antiga), o Pergamonmuseum, o Bode Museum (arte Bizantina e coleção de moedas) e a Alte Nationalgalerie (abriga coleções de arte do modernismo, romantismo, entre outras).

Localização: Am Lustgarten 1,10117.

Horário de funcionamento: das 10 h às 18 h (o horário poderá sofrer alterações, consulte site abaixo).

Site: http://www.smb.museum/home.html.

3 – Muro de Berlim

No ano de 1989, o mundo via a sua queda e, com o passar dos anos, esse fato ainda desperta a curiosidade das pessoas. Como ir a Berlim e não ver o muro? É possível ver algumas partes do muro na East Sidde Gallery (localizado: Mühlenstraße 1 – Friedrichshain, 10243). Para ter mais informações sobre a história do muro, você poderá ir ate o Memorial do muro de Berlim (localizado: Bernauer Str. 111, 13355). Ele funciona a céu aberto ao longo da via, onde é possível ver fotos e um pouco dos relatos dessa época.

4 – Memorial do Holocausto

Bem próximo ao portão de Bradenburgo, o memorial é dedicado aos judeus mortos na Europa na época do Holocausto. O local consiste em 2.711 blocos de concreto de diferentes tamanhos. É possível ter mais informações sobre a perseguição aos judeus em uma sala de exposição que fica no local.

Localização: Cora-Berliner-Straße 1 – Tiergarten.

5 – Reichstag

Prédio que abriga o parlamento alemão, o prédio imponente abriga muita história. Em 1933, sofreu um grande incêndio um mês após a nomeação de Adolf Hitler para o cargo de chanceler da Alemanha. Atualmente, a cúpula e o terraço são abertos à visitação, porém é necessário agendamento prévio.

Localização: Platz der Republik 1 – Tiergarten, 11011.

Site: https://visite.bundestag.de/BAPWeb/pages/createBookingRequest.jsf?lang=en.

6 – Alexanderplatz e Torre de TV

A Alexanderplatz é uma enorme praça, por onde várias linhas de metrô passam. É nela que se concentram muitas lojas  e restaurantes.

A torre de TV, localizada próximo a Alexanderplatz, é uma torre de 368 metros de altura. No terraço panorâmico aberto à visitação, é possível ter uma vista incrível de Berlim.

Localização da Torre de TV: Panoramastraße 1a, 10178.

Valor de entrada: 13 euros (adultos)/ 8,50 euros (Chd 3-16 anos).

7 – Checkpoint Charlie

Durante a guerra fria em que a cidade era dividida entre Berlim Ocidental e Oriental, Checkpoint Charlie era um posto usado por membros da forças aliadas para passar de um lado para o outro. Hoje em dia se tornou mais um simbolo histórico e ponto turístico da cidade.

Localização: Friedrichstrasse 43-45 – Kreuzberg, 10969.

8 – Igreja Memorial Kaiser Wilhelm

Em 1890, a igreja foi construída e durante a segunda guerra boa parte dela destruída. O pináculo da igreja destruído foi restaurado e hoje é um memorial de guerra.

Localização: Breitscheidplatz.

9 – Gendarmenmarkt

A Gendarmenmarkt é uma linda praça de Berlim. Nela você poderá ver incríveis edifícios que podem ser visitados, tais como o Konzerthaus (Casa de Concertos), o Französischer Dom (Catedral Francesa) e o Deutscher Dom (Catedral Alemã). Na praça, é possível encontrar bares, lojas e bons restaurantes e na época de natal uma grande feira é montada por lá.

Localização: Gendarmenmarkt, 10117.

Berlim: a capital reunificada

 

Portão de Brademburgo

Capital da Alemanha, Berlim é cheia de história e beleza. A cidade passou por muitos altos e baixos. Em um de seus períodos mais conturbados, a construção de um muro dividiu não somente a cidade, mas cada família que viveu esse pedaço da história. Quando finalmente houve a reunificação da cidade (e do país), esta passou a se tornar uma das mais incríveis da Europa.

Conhecer Berlim é se integrar na história desse país e em tudo o que aconteceu. É querer conhecer cada museu, praça, palácio, restaurante e atrativo que ela tem a nos oferecer. A dica é andar muito e desbravar todos os principais pontos turísticos da cidade sem pressa. O clima nessa região da Alemanha é mais frio, mesmo na época mais quente do ano.

Na época de natal, a cidade se transforma e as baixas temperaturas ficam em segundo plano. Visitar e curtir as lindas feiras de natal e tirar uma foto junto à enorme árvore no Portão de Bradenrburgo de recordação são coisas a se colocar na lista para fazer na cidade.

Para conhecer bem as atracões da cidade, uma estadia de no minimo cinco diárias é o ideal para começar. Verifique a época do ano que irá visitá-la por conta das baixas temperaturas. Além disso, atente-se para a região onde irá se hospedar. O ideal é que seu hotel fique próximo a uma estação de metrô, pois a cidade é toda cortada por ele. O bairro central de Mitte é uma boa dica de hospedagem, por estar localizado próximo a Ilha dos Museus e a outros atrativos.

Como citei acima, a melhor opção para se locomover na cidade é usando o transporte público. Lá, os sistemas mais usados são o ônibus, metrô (subterrâneo – U-Bahn) e o tram (bondinho – S-Bahn). Nos pontos de ônibus e tram, você encontrara uma tabela com os locais que aquela linha percorre e seus horários. A rede de transporte se divide em três zonas: A, B e C. A zona A é onde se concentra a maior parte dos pontos turísticos. Você também pode optar pelos ônibus turísticos o Hop On – Hop Off, onde você paga um valor por tantos dias de viagem e sobe e desce nas principais atrações.

Dica: Em Berlim, há a linha de ônibus 100, que percorre as principais atrações turísticas. Seu trajeto é entre a estação Zoologischer Garten e a Alexanderplatz. Essa é uma linha comum de transporte deles, por isso sai bem em conta utilizá-lo. O bilhete unitário sai a 2,70 euros (em 04/2017). Para mais detalhes de como se locomover com o transporte público em Berlim, acesse o site da BVG.

Quanto à hospedagem, a dica principal é se hospedar próximo a uma estação de metrô. Escolha preferencialmente algum desses bairros: Mitte, Tiergarten ou Charlottenburg. Sempre uso o Booking.com para pesquisas e reservas de hotéis. Não deixe de olhar o mapa e ver a região onde o hotel fica.

As principais atrações da cidade que você não pode deixar de visitar são o Portão de Bradenburgo, a Ilha dos Museus, o Muro de Berlim, o Reichstag, o Memorial do Holocausto, a Alexanderplatz, a Torre de TV, o Gendarmenmarkt, o Checkpoint Charlie e a Igreja Memorial Kaiser Wilhelm. Além desta lista enorma, há muitos outros pontos de interesse. Leia detalhes desses atrativos neste outro post.

E não menos importante, não deixe de experimentar a comida típica da Alemanha: seus salsichões, o famoso Currywurst (O Curry 36 é um dos mais famosos na cidade), a tradicional cerveja alemã, o pretzel, e o famoso chocolate Ritter Sport (não deixe de visitar sua enorme loja em Berlim).

A cidade de Berlim, é impressionaste e você não deve deixá-la de fora em sua visita à Europa ou à Alemanha. Anote todas as nossas dicas e inclua ela no seu roteiro. Boa Viagem!!!

Munique

Munique-Fonte:Commons/Patrick Six

Munique possui cerca de 1,3 milhões de habitantes e é uma das grandes cidades da Alemanha. É uma das cidades mais belas do país, rica em cultura e história.

No coração da Baviera, é muito lembrada pela famosa Oktoberfest, festa que ocorre tradicionalmente todos os anos e atrai muitos turistas.

A cidade conta com muita infra-estrutura, além de muitos parques, lojas, museus e pontos turísticos. O transporte publico da cidade é muito eficiente e você pode contar com os bondes (Strassebahn) e metrôs de curta e longa distancia (U-Bahn e S-Bahn).

Nas mediações de Munique, é possível ainda explorar e conhecer a cidade de Dachau e o famoso castelo de Neuschwanstein.

Não deixe de caminhar pela cidade e apreciar seus parques naturais e a beleza arquitetônica da cidade.

A região de Marienplatz é composta por muitas lojas, restaurantes e atrativos turísticos. É uma região muito movimentada durante o dia e noite.

Mas, como falar de Munique e não citar uma das maiores festas da cidade, a Oktoberfest? A tradicional festa recebe mais de 7 milhões de pessoas por ano e ocorre entre meados de setembro e outubro. Durante a festa, litros e mais litros de cerveja são consumidos, assim como muita comida tipica.

Enfim, Munique é encantadora e cheia de atracões. Não deixe de conhecer e curtir mais essa bela cidade da Alemanha.

Para opções de hospedagem acesse o Booking.com.

Pontos turísticos de Freiburg

Para quem quer colocar mais uma cidade em um roteiro pela Alemanha, vale a pena visitar a cidade de Freiburg. Abaixo, segue a lista dos atrativos e pontos turísticos mais visitados por lá:

1 – Freiburg Münster (catedral)

A catedral de Freiburg começou a ser construída em 1200. A catedral em estilo gótico sobreviveu as guerras e se manteve linda e imponente no centro da cidade. Sua torre de 116 metros é avistada de longe. A torre possui 16 sinos, entre eles o sino “Hosanna”que pesa 3.290 kg.

Horário de funcionamento: Aberto diariamente das 7:00 h às 19:00 h com exceção dos domingos que fecha às 20:30h.

Horário de subida à torre: Terça-feira a  sábado das  10:00 h as 16:45 h / Domingos e feriados das 13:00 h às 17:00 h.

Valor da entrada: Entrada gratuita com exceção da subida à torre. Para subir à torre:  adultos 2 € / estudantes 1,50 € / crianças até 12 anos 0,50 €.

Localização: Herrenstraße 36, Münsterplatz.

Site oficial : http://www.freiburgermuenster.info

 

2 – Augustinermuseum (Museu Agostiniano)

Antigamente o prédio onde o museu se situa era igreja do mosteiro da cidade de Freiburg. Em 1923, tornou-se museu.

O museu é dedicado a arte barroca, com esculturas e  quadros medievais. As pinturas do século 19, incluindo obras de Anselm Feuerbach, Franz Xaver Winterhalter e Hans Thoma, são exibidas no piso superior.

O museu é um dos pontos turísticos imperdíveis desta linda cidade.

Horário de funcionamento: De terça e quarta-feira das 10:00 h às 17:00 h/ de quinta a sábado das 10:00 h às 20:00 h / domingos das 10:00 h às 18:00 h.

Valor da entrada: 6 euros.

Localização: Augustinerplatz 79098, Freiburg im Breisgau.

Site oficial: http://www.freiburg.de/pb/,Len/237748.html

 

3 – Museu Arqueológico Colombischlossle

O Museu arqueológico foi construído entre 1859 a 1861 e conta com exposições de obras antigas e medievais da região. O museu conta com tours específicos de determinadas épocas, alem de ser interativo. O museu contém estatuetas femininas antigas e a mais antiga taça de vidro do norte dos Alpes.

Horário de funcionamento: De terça a domingo das 10:00 h às 17:00 h.

Valor da entrada: 3 euros.

Localização:  Rotteckring 5, 79098 Freiburg.

Site oficial: http://www.freiburg.de/pb/,Lde/237910.html

4 – Museu Natur und Mensch (Museu natural e do homem)

Museu educativo para toda família com coleções de história natural e enologia com coleções que falam sobre a idade da pedra, a origem da vida, entre outros assuntos.

Horário de funcionamento: De terça a domingo das 10:00 h às 17:00 h.

Valor da entrada: 3 euros.

Localização: Gerberau 32 ,79098 Freiburg.

Site oficial: http://www.freiburg.de/pb/,Lde/238070.html

 

5 – Munsterplatz

Uma das principais praças da cidade onde ocorre a famosa feira da cidade com a venda de flores, legumes e frutas. Nessa praça é possível apreciar a Catedral, além de outros prédios históricos como o Historisches Kaufhaus, datado de 1530.

 

6 – Rathausplatz

Praça onde está localizada a antiga e atual prefeitura da cidade de Freiburg. Em torno dessa praça e por todo o centro, você verá pequenas valetas de água, os famosos Bachle. Antigamente usada para combater incêndio e dar água aos animais, hoje diverte as crianças.

 

7 – Keidel Mineral-Thermalbad (Terma)

Pra quem quer relaxar, nada melhor do que descansar e aproveitar um terma. O local conta com mais de 6.000 metros quadrados e oferece piscinas, saunas, banho turco, massagens, etc.

Horário de funcionamento: Aberto diariamente das 9:00 h às 22:00 h / exceto as saunas e spa que funcionam das 10:00 h às 14:00 h.

Valor da entrada: Os valores variam de acordo com o serviço escolhido. Pesquisar diretamente no site oficial.

Localização: Springs 4, Freiburg im Breisgau.

Site oficial: http://www.keidelbad.de/start/

 

8 – Schwarzwald (Floresta Negra)

Com mais de 200 quilômetros de extensão, a floresta  negra é um dos pontos turísticos mais famosos da cidade de Freiburg. É possível chegar de carro até o monte Schauisland ou pelo teleférico. A subida pelo teleférico dura em torno de 20 minutos. No fim da subida, você estará a 1.200 metros de altitude e terá uma vista incrível da cidade.

Lá você poderá optar por fazer trilhas. Se tiver neve, pode esquiar ou descer de trenó. Além disso, é possível fazer um passeio pelo museus da mina Schauisland-Bergwerk. E por fim, apreciar o verdadeiro bolo floresta negra no restaurante de lá.

Reserve um dia do seu roteiro para esse passeio.

Horário de funcionamento do teleférico: Diariamente das 9:00 h às 17:00 h / de julho a setembro das 9:00 h às 18:00 h.

Valor da entrada: Para subida e descida pelo teleférico – adulto 12,50 euros / crianças 8 euros. Outros valores consulte site oficial abaixo.

Localização: Talstation Schauinslandbahn,  Straße 11, 79289 Horben.

Site oficial: http://www.schwarzwald-tourismus.info/  e  http://www.schauinslandbahn.de/

Freiburg im Breisgau

Freiburg fica localizada na região de Baden-Württemberg, na Alemanha, próxima as fronteiras da Suíça e França. A cidade tem aproximadamente 200 mil habitantes e é conhecida como a cidade mais quente e ensolarada da Alemanha. Esta cidadezinha possui inúmeros atrativos que encantam seus visitantes.

Rodeada pela famosa Floresta Negra, Freiburg é conhecida por ser uma cidade extremamente ecológica. Com sua alta qualidade de vida, ela possui excelente serviço de transporte público e diversas ciclovias e caminhos exclusivos para ciclistas. No centro da cidade, não é permitido trânsito de carros particulares. Ela se destaca ainda no campo das pesquisas em energia solar. Vale a pena assistir essa matéria feita pelo Fantástico.

Freiburg é rica em cultura e história. No centro da cidade, você encontrara a incrível Catedral em estilo gótico com uma torre de 116 metros, uma das mais imponentes obras religiosas da Alemanha.

A cidade possui inúmeras praças para um passeio agradável: Münsterplatz (praça onde fica localizada a Catedral), Augustinerplatz,  Rathausplatz (onde fica localizada a antiga e nova prefeitura), entre outras.

A arquitetura da cidade também impressiona com muitos casarões antigos, onde o presente se mistura ao passado e torna a cidade mais bela.

A cidade tem muito a oferecer desde atrativos naturais (rios, lagos, riachos, montanhas) a museus; bons restaurantes, cafés, bistrôs e lojas.

Freiburg é encantadora e digo que vale muito a visita. É uma cidade diferente de muitas outras da Europa e que recomendo colocar no roteiro de quem visita a Alemanha. Não deixe de ler o nosso post sobre as dicas dos pontos turísticos da cidade.