Igrejas em Ouro Preto

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ouro Preto possui inúmeros atrativos e entre os mais visitados estão as igrejas. Abaixo listo as mais visitadas da cidade:

1 – Igreja São Francisco de Assis

Igreja construída em estilo barroco com elementos do rococó. Sua construção foi iniciada em 1766 e conta com criações do mestre Aleijadinho, em especial a fachada da igreja, e seu teto é decorado pelo mestre Ataíde. A igreja é tombada pelo IPHAN, tendo sido classificada em 2009 pelo mesmo órgão como uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo.

Localização: Largo de Coimbra, Centro, Ouro Preto, MG.

Horário de Funcionamento: Terça a Domingo 08:30 h às 12:00 h e de 13:30 h às 17:00 h. / Missas aos domingo, às 19:00 h.

 

2 – Igreja de Nossa Senhora do Carmo

Esta igreja teve sua obra iniciada em 1756 e também tem estilo rococó. O projeto original é de Manuel Francisco Lisboa, tendo sido modificado anos mais tarde por seu filho, o Aleijadinho. No altar, encontram se as duas ultimas obras de Aleijadinho. Na capela mor também há uma raridade, se comparada a outras igrejas mineiras, os azulejos na decoração. Hoje, é tombada pelo IPHAN. Ao lado da igreja, é possível encontrar o Museu do Oratório e um cemitério anexo.

Localização: Rua Brigadeiro Musqueira, s/n.Centro, Ouro Preto, MG.

Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 8h30 h às 11:00 h e das 13:00 h às 17:00 h. / Missas aos domingos às 8h30 h.

 

3 – Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos

Foi fundada pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, em 1715. Sua construção se inicia no ano de 1765 e substitui a antiga capela. A igreja também é tombada pelo IPHAN, mas até hoje o autor do projeto da igreja não é bem esclarecido. A igreja é considerada por muitos especialistas um projeto máximo do barroco colonial.

Localização: Largo do Rosário – Bairro do Rosário – Ouro Preto.

Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 13:00 h às 16h45 h /Missas aos domingos às 16:00 h.

 

4 – Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar

Igreja também em estilo barroco, é rica em detalhes e muito ouro, possui mais de 400 kg. A igreja conta com muitos adornos, pois era a que contava com mais irmandades para patrocinar. A decoração demorou mais de  20 anos para ser concluída. Em especial, quem visita a igreja deve prestar atenção no teto da nave: o efeito óptico da figura do Cordeiro de Deus. No subsolo da igreja, é possível visitar o museu de Arte Sacra de Ouro Preto. Se possível, visite a igreja com um guia, ele te explicará todos os detalhes dessa linda igreja.

Localização: Praça Monsenhor João Castilho Barbosa s.n., Pilar, Ouro Preto, MG.

Horário de funcionamento:Terça a domingo, das 09:00 h às 10h45 h e das 12:00 h às 16h45 h.

 

5 – Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Antonio Dias

Em 1699, sua capela foi erguida pelo bandeirante Antonio Dias. Após alguns anos com problemas nas edificações, a igreja passa por uma nova construção que se inicia em 1727 assinada por Manuel Francisco Lisboa, o pai de Aleijadinho. A igreja é de grande importância para a cidade de Ouro Preto, pois ali estão sepultados Manuel Francisco Lisboa e seu filho, Antonio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. Atualmente, a igreja está fechada para restaurações e não é possível visitá-la (maio/2017).

Localização: Praça Antônio Dias, s/n, Ouro Preto.

Horário de funcionamento: Fechada para restaurações (maio/2017).

 

Como mencionei neste outro post, há uma pequena taxa para entrar nas igrejas. Mas, digo que vale a pena!!!

Se possível contrate um guia para poder lhe explicar cada detalhe das igrejas. Muitos deles ficam na porta delas e você paga o valor que achar que a visita guiada valeu.

Além dessas igrejas mencionadas aqui, Ouro Preto possui ainda várias capelas e passos. Tente incluir o máximo de visitas que desejar no seu roteiro e boa viagem!!

OBS: Os horários de abertura e fechamento das igrejas e capelas podem sofrer alterações.

Ouro Preto

Este slideshow necessita de JavaScript.

Patrimônio mundial da Unesco, Ouro Preto foi palco de muita história e conflitos relacionados à extração do ouro no Brasil. Com belos casarões coloniais e igrejas, Ouro Preto é um destino histórico de grande importância.

Para conhecer a cidade esteja preparado para andar bastante pelo centro histórico. A dica é ir com um sapato bem confortável e muita disposição. A maioria dos pontos turísticos se encontram no entorno do centro histórico da cidade, além de feiras de antiguidade e restaurantes. Você poderá começar o passeio pela praça Tiradentes que é muito conhecida e visitada, pois foi ali que ficou exposta a cabeça de José da Silva Xavier, o Tiradentes.

Muitas igrejas fazem parte do cenário de Ouro Preto e mostram a ostentação na época pelo ouro. Seus altares, objetos, santos e paredes carregam muitos quilos do ouro extraídos por ali. Entre as mais visitadas estão São Francisco de Assis, Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, Matriz do Pilar, Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Antonio Dias, dentre outras. Neste outro post detalho cada uma das igrejas.

Também podemos destacar os inúmeros museus da cidade: Museu da Inconfidência, Museu de Arte Sacra do Pilar, Museu Aleijadinho, Museu do Oratório, Museu Casa dos Contos, Museu Casa Guinard, Museu do Ouro, Museu das Reduções, Museu do Chá, Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas, etc.

Além das igrejas e museus, você poderá apreciar a arquitetura colonial do centro histórico e seu entorno. Muitas casas e prédios são preservados e controlados pelo IPHAN.

O ecoturismo também é muito presente em Ouro preto. A cidade possui muitas trilhas, cachoeiras, rios e minas desativadas que podem ser visitadas. Entre as minas que você poderá visitar por lá estão: Mina do Chico Rei, Mina de Ouro da Passagem, dentre outras.

Ouro preto também é muito conhecida pelas suas boas universidades, o que atrai a procura de muitos jovens. A cidade possui mais de 200 repúblicas universitárias. No feriado de carnaval, a cidade fica bem movimentada pelos universitários e turistas que querem curtir a festa por lá.

Outro feriado que atrai muitos turistas é a Semana Santa, onde as igrejas promovem grandes procissões e os imensos tapetes de flores pelas ruas.

Outra atração que poderá entrar em seu roteiro é o passeio de Maria Fumaça até a cidade de Mariana. Você poderá comprar o bilhete de ida e volta, ou somente ida e talvez optar por voltar de ônibus. Neste link é possível obter informações de horários e valores do passeio.

E claro, Ouro Preto possui inúmeros lugares para se hospedar, desde hospedagens mais econômicas como as mais luxuosas e charmosas. Sempre indico o Booking.com para reservar o seu hotel e hospedagens com uma boa localização para facilitar o seu passeio e deslocamento.

E estando em Minas Gerais, não deixe de aproveitar e provar todas as delícias típicas desse Estado, tais como o pão de queijo, o doce de leite e a comida mineira no geral.

Dica: Muitas igrejas e museus estão fechados na segunda-feira. Fique atento aos dias e horários de abertura das atrações. Além disso, a maioria das igrejas por lá cobram um valor de entrada.

Pontos turísticos de Buenos Aires

Para quem vai pela primeira vez à Buenos Aires, recomendo uma estadia na capital Argentina de pelo menos quatro dias. A cidade possui bastante atrações e com tempo você poderá descobri-las. Anote nossas dicas e faça o seu roteiro.

1 – Obelisco e Av. 9 de Julio:

O Obelisco é o símbolo da cidade de Buenos Aires. Fica localizado na Av. 9 de Julio, uma das avenidas mais movimentadas da cidade e uma das mais largas do mundo. Caminhe por ela até o Obelisco e tire várias fotos deste monumento argentino.

2 – Teatro Colón

O famoso teatro Colón, fica também localizado bem próximo ao Obelisco. Lá, você poderá fazer uma visita guiada e conhecer várias partes desse teatro.

Valor da entrada: 250 pesos.

Localização: Cerrito 628, Buenos Aires.

Horário de funcionamento: 9:00 às 17:00 h.

http://www.teatrocolon.org.ar/pt

3 – Café Tortoni

O café Tortoni fica localizado na Av. de Maio. Antigamente era frequentado por pessoas importantes da Argentina como músicos, poetas e intelectuais. Atualmente, se tornou um ponto turísticos da cidade, mas que também é bastante frequentado por seus moradores. Além de poder desfrutar de um café no local, você poderá assistir a um de seus shows de tango, que ocorrem na sala aos fundos do café.

Valor da entrada: Gratuita. Para assistir um show de tango, consulte a casa.

Localização: Av. de Maio 825, Buenos Aires.

Horário de funcionamento: Diariamente de 8:00 às 1:00 h.

http://www.cafetortoni.com.ar

4 – Catedral Metropolitana

A principal igreja católica de Buenos Aires fica localizada na praça de Maio. A catedral, que tem uma linda fachada, foi construida no século 18 abriga o túmulo de San Martin, o general líder da independência argentina. Essa era a catedral que o Papa Francisco celebrava suas missas quando ainda estava na arquidiocese de Buenos Aires.

Valor da entrada: Gratuita.

Localização: Calle Rivadavia s/n, 1004 Buenos Aires.

Horário de funcionamento: Aberta diariamente.

http://www.catedralbuenosaires.org.ar/

5 – Casa Rosada

A Casa Rosada é a sede presidencial da republica argentina. É um dos edifícios mais famosos de Buenos Aires e um ponto turístico imperdível. Aos domingos, é possível fazer uma visita guiada em seu interior.

Valor da entrada: A visita aos domingos é gratuita.

Localização: Balcarce 50, Plaza de Maio – Buenos Aires.

Horário de funcionamento: 10:00 às 18:00 h aos domingos e feriados.

http://www.casarosada.gob.ar/

6 – Museu del Bicentenário

O Museu del Bicentenário fica localizado atrás da Casa Rosada. Neste museu, estão expostos objetos de vários presidentes da Argentina, além da historia de cada um deles. Recomendo a visita.

Valor da entrada: Gratuita.

Localização: Hipólito Yrigoyen 219, Plaza de Mayo.

Horário de funcionamento: Aberto de quarta à domingo das 10:00 às 18:00 h.

http://www.museobicentenario.gob.ar/

7 – Cabildo

Edifício histórico de Buenos Aires, localizado na Praça de Maio. O Cabildo antigamente tinha varias funções jurídicas e administrativas. Foi no Cabildo que foi declarada a revolução de maio de 1810. Hoje, como museu, abriga muito da história do local e da revolução.

Valor da entrada: Gratuita.

Localização: Bolívar 65, 1066 – Buenos Aires.

Horário de funcionamento: Aberto terça, quarta e sexta-feira de 10:30 às 16:30 h / De quinta-feira das 10:30 às 19:30 h / Sábado e domingo das 10:30 às 17:30h.

https://cabildonacional.cultura.gob.ar/

8 – Galerias Pacifico e Calle Florida

A Galerias Pacifico localizada na Calle Florida é um shopping com várias lojas e uma ótima praça de alimentação. Além de seus atrativos, tem uma arquitetura lindíssima. Quando for conhecê-la, aproveite para caminhar pela Calle Florida, onde você encontra muitas lojas, casas de câmbio e agências turísticas.

Valor da entrada: Gratuita.

Localização: Florida y Av. Córdoba, Buenos Aires.

Horário de funcionamento: Aberta diariamente de 10:00 às 21:00 h.

9 – Livraria El Ateneo Grand Splendid

Escolhida pelo jornal The Guardian como a segunda livraria mais linda do mundo, a livraria El Ateneo é um dos pontos turísticos imperdíveis da cidade de Buenos Aires. Possui uma belíssima arquitetura e um acervo imenso de livros. Reserve um tempinho para conhece-la e tomar um café por lá.

Valor da entrada: Gratuita.

Localização: Av. Santa Fé 1860, 1123, Buenos Aires.

Horário de funcionamento: Aberto de segunda-feira a sábado de 9:00 às 22:00 h/ Domingo de 12:00 às 22:00 h.

http://www.yenny-elateneo.com/

10 – Cemitério Recoleta

O cemitério Recoleta se tornou um ponto atrativo de Buenos Aires. Um dos túmulos mais visitados por lá é o de Eva Perón (grande líder política argentina).

Valor da entrada: Gratuita.

Localização: Junín 1760, 1113 – Buenos Aires.

Horário de funcionamento: Aberto diariamente das 7:00 às 17:30 h.

11 -Museu Nacional de Bellas Artes

Museu de arte argentina com exposição de pinturas e esculturas de vários pintores famosos como Rembrandt, Rodin, Monet, dentre outros. Há também muitas obras de arte de pintores argentinos que retratam muito do século passado.

Valor da entrada: Gratuita.

Localização: Av. del Libertador 1473, Buenos Aires.

Horário de funcionamento: Aberto de terça a sexta-feira das 11:30 às 19:30 h / Sábado e domingo das 9:30 às 19:30 h.

http://www.mnba.gob.ar/

12 – Museu de los niños

Museu interativo para as crianças. Imperdível para quem viaja com os pequenos, fica localizado no shopping Abasto. Museu lúdico, que simula uma cidade em tamanho pequeno para as crianças se divertirem.

Valor da entrada: Adultos 40 pesos / Crianças 130 pesos durante a semana e 140 pesos nos fins de semana.

Localização: Av. Corrientes 3247, Buenos Aires.

Horário de funcionamento: Aberto de terça-feira a domingo das 13:00 às 20:00 h.

http://www.museoabasto.org.ar/

13 – Floralis Generica

A Floralis Generica é uma escultura metálica, localizada na Praça das Nações Unidas. A flor tem um sistema mecânico que a faz fechar e abrir durante o dia.

Localização: Av Pres. Figueroa Alcorta 2263, Buenos Aires.

14 – Caminito e Estádio do Boca Juniors.

O Caminito é uma rua colorida e cultural localizada no bairro de La Boca. Antigo bairro portuário, o local se tornou atração turística. Recomendo a visita durante o dia.

Caminhando por lá, você chegará ao estádio do Boca Juniors, importante time de futebol da capital argentina. Lá é possível visitar o museu e fazer uma visita guiada até o campo e os vestiários.

Valor da entrada ao estádio do Boca: Visita express 160 pesos / Estádio tour + museu 180 pesos.

Localização do estádio do Boca: Brandsen 805, Buenos Aires.

Horário de funcionamento do museu do estádio: Aberto diariamente de 10:00 às 18:00 h.

http://www.museoboquense.com

Além desses pontos turísticos, você ainda pode reservar uma tarde para compras nos outlets da Av. Córdoba, visitar o museu Malba, o Jardim Botânico, o Jardim Japonês, o Museu Evita, o Porto Madero, etc.

Leia nossas dicas sobre shows de tango.

Buenos Aires

Buenos Aires é a capital da Argentina e está há poucas horas de avião do Brasil. A cidade costuma ser um dos primeiros destinos internacionais do turista brasileiro por ser próximo ao Brasil e pelo seu custo baixo em relação a outras viagens internacionais.

Com muita história, arquitetura e encantos, essa grande cidade da Argentina atrai muitos turistas ao longo do ano. Possui dois aeroportos: o internacional Ezeiza, mais distante, e o Aeroparque, mais próximo ao centro. Chegando pelo Aeroparque, em poucos minutos de táxi você estará na região central de Buenos Aires. Já chegando pelo Ezeiza, você levará por volta de 30 minutos de táxi ou transfer até o centro. Para quem chega nesse aeroporto, a dica é já fechar um transfer ou os remises.

Dica: A empresa Tienda León faz transfer para o Centro ou Aeroparque. Acesse o link e veja os valores.

Locomover-se na cidade não é muito difícil. Andar de táxi pela cidade é barato, mas caso opte por transporte público (ônibus ou metrô), você deve adquirir o cartão Subte e recarregá-lo previamente. O transporte por lá não aceita notas, somente moedas e o cartão.

Se ficar hospedado pelo centro, o que recomendo, você poderá fazer muitas coisas a pé. Não deixe de bater perna pelo Centro, pelo Porto Madero, pela Recoleta, por Palermo, assistir um show de tango e comer um bom churrasco argentino. Buenos Aires possui muitos atrativos: museus, pontos turísticos, monumentos históricos, etc.

Quanto à parte financeira da viagem, recomendo levar real em espécie e trocá-lo por pesos já em Buenos Aires. Fique atento ao  câmbio paralelo. Apesar de um bom valor para troca, você pode se deparar com notas falsas. Troque no Banco Nacional ou em casa de cambio confiável.

Em quatro dias é possível visitar a capital da Argentina e conhecer os seus principais pontos turísticos: Av. 9 de Julio, Obelisco, Teatro Colón, Catedral Metropolitana, Casa Rosada, Porto Madero, Caminito, Estádio do Boca Juniors, Cemitério Recoleta, feira de San Telmo, Palermo, etc.

Não deixe de ler nossas dicas de pontos turísticos de Buenos Aires e boa viagem!!!

Pontos turísticos de Florença

Que Florença é linda e cheia de cultura já sabemos. Cada passo dado na cidade é andar por um museu a céu aberto. Abaixo vou listar dicas e informações dos principais pontos turísticos da cidade, lembrando que todos os valores citados estão sujeitos a alteração:

 

1 – Catedral Santa Maria del Fiore (Duomo)

Com sua imponente fachada feita em mármore, a catedral é o símbolo de Florença. Em seu interior, você irá apreciar os vitrais feitos por artistas famosos italianos e o afresco  Divina Comédia de Dante, de Domenico di Michelino. Você ainda poderá subir ate a cúpula do Duomo e ter uma vista maravilhosa da cidade de Florença.

Horário de funcionamento: De segunda à sexta-feira das 8:30 às 16:20 h, sábado de 8:30 às 17:00 h.  A catedral fica fechada em janeiro, na semana santa, 24/jun, 15/ago, 8/set, 1º/nov, primeira semana do advento e 25-26/dez.

Valor da entrada: Gratuita / Para subida a cúpula – 8 euros.

Localização: Piazza Duomo, 17.

Site: http://www.duomofirenze.it

 

2 – Piazza della Signoria

A Praça della Signoria é onde se concentra as famosas estátuas, inclusive a réplica de Davi de Michelangelo. O Palácio Vecchio e a Galeria della Signoria também estão nessa praça. Aproveite para sentar em um dos cafés e contemplar a bela praça.

Localização: Piazza della Signoria.

 

3 – Galleria degli Uffizi

Essa galeria é uma das mais importantes de Florença e até da Europa. Obras importantes estão por lá: “O Nascimento de Vênus”, de Botticelli e “A Sagrada Família”, de Michelângelo. Grandes filas se formam para entrar na galeria, porém a espera é válida para conhecer obras de arte tão famosas.

Horário de funcionamento: De terça-feira a domingo, das 8:15 às 18:50 h. A Galleria se encontra fechada em 1º/jan, 1º/mai e 25/dez.

Valor da entrada: Adultos – 6,50 euros ou 11 euros (mostras temporárias).

Localização:  Piazzale degli Uffizi.

Site: http://www.uffizi.com

 

4 – Galleria dell Accademia

A Galleria dell Accademia é uma das mais visitadas em Florença. Seu entorno abriga obras importantíssimas como esculturas de Michelangelo, tais como “Os prisioneiros”, “São Mateus” e, especialmente, a escultura de Davi. A galeria abriga um grande acervo de arte sacra, além de muitas esculturas.

Horário de funcionamento: De terça-feira a domingo das 8:15 às 18:50 h. A Galleria está fechada toda segunda-feira, em 1º/jan, 1º/maio e 25/dez.

Valor da entrada: Adultos – 16,50 euros / Menores de 18 anos tem entrada gratuita.

Localização: Via Ricasoli 58-60 – Piazza San Marco.

Site: http://www.accademia.org

 

5 – Ponte Vecchio

A famosa ponte de Florença corta o Rio Arno e possui inúmeras joalherias. Ela é a única ponte da cidade que foi preservada na segunda guerra mundial. A ponte é um dos cartões postais da cidade. Vale a visita.

Localização: Ponte Vecchio, Firenze.

 

6 – Piazzale Michelangelo

A Piazzale Michelangelo é um daqueles cantinhos que muitas vezes passam despercebidos. Porém, é um lugar lindo, de onde se tem uma vista deslumbrante da cidade de Florença. Chegar lá não é muito fácil, porém vale a subida para tirar belas fotos.

Localização: Piazzale Michelangelo, 50125 Firenze.

Dica de como chegar a praça: De carro ou ônibus pelas linhas 12 ou 13 que você poderá pegar na estação de trem Santa Maria Novella.

A pé, em torno de 30 minutos pelos acessos da Piazza Giuseppe Poggi ou pela Via del Monte alle Croci.

 

7 – Pallazzo Vecchio

O Pallazzo Vecchio, localizado na Piazza della Signoria, antigamente foi residência para família Medici. Hoje, funciona como museu. Lá dentro possui inúmeros salões, muitas obras de arte, esculturas Michelangelo e Donatello e pinturas de Da Vinci. Vale a pena tirar algumas horas e conhecer esse belo palácio.

Horário de funcionamento: De outubro a março – de segunda-feira a domingo das 9:00 às 19:00 h (exceto quinta-feira que fecha às 14:00 h) / De abril a setembro – de segunda-feira a domingo das 9:00 às 23:00 h (exceto quinta-feira que fecha às 14:00 h).

Valor da entrada: Adultos – 10 euros / Estudantes – 8 euros / Menor de 18 anos – gratuito.

Localização: Piazza della Signoria, Firenze.

Site: http://museicivicifiorentini.comune.fi.it

 

8 – Pallazo Pitti e Jardim de Boboli

O Pallazo Pitti é um importante palácio que hospedou grandes duques da Toscana. Ele abriga um enorme acervo contendo obras de arte, esculturas e pinturas. O palácio ainda conta com um imenso e suntuoso jardim, o “Jardim de Boboli”.

Horário de funcionamento: De segunda-feira a domingo de 8:15 às 16:30 h em novembro, dezembro, janeiro e fevereiro / de 8:15 às 17:30 h em março / de 8:15 às 18:30 h em abril, maio, setembro e outubro / de 8:15 às 18:50 h em junho, julho e agosto.

Valor da entrada: Adultos – 10 euros / Estudantes – 5 euros/ Menores de 6 anos – gratuito.

Localização: Piazza de Pitti, 1, Firenze.

Site: http://www.polomuseale.firenze.it/en/musei/pitti.php?m=palazzopitti

 

9 – Basilica Santa Croce

A Basílica de Santa Croce é uma das mais importante basílicas da Itália. Lá estão sepultados grandes nomes como: Galileo Galilei e Michelangelo. A basílica possui 16 capelas com muitos túmulos e bastante detalhes.

Horário de funcionamento: De segunda-feira a sábado de 9:30 às 17:30 h / Domingos das 14:00 às 17:30 h.

Valor da entrada: Adultos – 6 euros/ Crianças de 11 a 17 anos – 4 euros/ Menores de 11 anos – gratuito.

Localização: Piazza di Santa Croce, 16, 50122 Firenze.

Site: http://www.santacroceopera.it

 

10 – Museu Galileo

Museu dedicado a ciência com muitos objetos médicos, astronômicos e mecânicos. Além disso, é possível ver muitos objetos criados por Galileo. Para os interessados em ciência, vale tirar algumas horas e conhecer mais este museu.

Horário de funcionamento: De segunda-feira a domingo das 9:30 às 18:00 h (exceto terça- feira, que fecha as 13  h).

Valor da entrada: Adultos – 9 euros / De 6 a 18 anos – 5,50 euros / Crianças menores de 6 anos – gratuito.

Localização: Piazza dei Giudici, 1, 50122 Firenze.

Site: http://www.museogalileo.it

Pontos turísticos de Freiburg

Para quem quer colocar mais uma cidade em um roteiro pela Alemanha, vale a pena visitar a cidade de Freiburg. Abaixo, segue a lista dos atrativos e pontos turísticos mais visitados por lá:

1 – Freiburg Münster (catedral)

A catedral de Freiburg começou a ser construída em 1200. A catedral em estilo gótico sobreviveu as guerras e se manteve linda e imponente no centro da cidade. Sua torre de 116 metros é avistada de longe. A torre possui 16 sinos, entre eles o sino “Hosanna”que pesa 3.290 kg.

Horário de funcionamento: Aberto diariamente das 7:00 h às 19:00 h com exceção dos domingos que fecha às 20:30h.

Horário de subida à torre: Terça-feira a  sábado das  10:00 h as 16:45 h / Domingos e feriados das 13:00 h às 17:00 h.

Valor da entrada: Entrada gratuita com exceção da subida à torre. Para subir à torre:  adultos 2 € / estudantes 1,50 € / crianças até 12 anos 0,50 €.

Localização: Herrenstraße 36, Münsterplatz.

Site oficial : http://www.freiburgermuenster.info

 

2 – Augustinermuseum (Museu Agostiniano)

Antigamente o prédio onde o museu se situa era igreja do mosteiro da cidade de Freiburg. Em 1923, tornou-se museu.

O museu é dedicado a arte barroca, com esculturas e  quadros medievais. As pinturas do século 19, incluindo obras de Anselm Feuerbach, Franz Xaver Winterhalter e Hans Thoma, são exibidas no piso superior.

O museu é um dos pontos turísticos imperdíveis desta linda cidade.

Horário de funcionamento: De terça e quarta-feira das 10:00 h às 17:00 h/ de quinta a sábado das 10:00 h às 20:00 h / domingos das 10:00 h às 18:00 h.

Valor da entrada: 6 euros.

Localização: Augustinerplatz 79098, Freiburg im Breisgau.

Site oficial: http://www.freiburg.de/pb/,Len/237748.html

 

3 – Museu Arqueológico Colombischlossle

O Museu arqueológico foi construído entre 1859 a 1861 e conta com exposições de obras antigas e medievais da região. O museu conta com tours específicos de determinadas épocas, alem de ser interativo. O museu contém estatuetas femininas antigas e a mais antiga taça de vidro do norte dos Alpes.

Horário de funcionamento: De terça a domingo das 10:00 h às 17:00 h.

Valor da entrada: 3 euros.

Localização:  Rotteckring 5, 79098 Freiburg.

Site oficial: http://www.freiburg.de/pb/,Lde/237910.html

4 – Museu Natur und Mensch (Museu natural e do homem)

Museu educativo para toda família com coleções de história natural e enologia com coleções que falam sobre a idade da pedra, a origem da vida, entre outros assuntos.

Horário de funcionamento: De terça a domingo das 10:00 h às 17:00 h.

Valor da entrada: 3 euros.

Localização: Gerberau 32 ,79098 Freiburg.

Site oficial: http://www.freiburg.de/pb/,Lde/238070.html

 

5 – Munsterplatz

Uma das principais praças da cidade onde ocorre a famosa feira da cidade com a venda de flores, legumes e frutas. Nessa praça é possível apreciar a Catedral, além de outros prédios históricos como o Historisches Kaufhaus, datado de 1530.

 

6 – Rathausplatz

Praça onde está localizada a antiga e atual prefeitura da cidade de Freiburg. Em torno dessa praça e por todo o centro, você verá pequenas valetas de água, os famosos Bachle. Antigamente usada para combater incêndio e dar água aos animais, hoje diverte as crianças.

 

7 – Keidel Mineral-Thermalbad (Terma)

Pra quem quer relaxar, nada melhor do que descansar e aproveitar um terma. O local conta com mais de 6.000 metros quadrados e oferece piscinas, saunas, banho turco, massagens, etc.

Horário de funcionamento: Aberto diariamente das 9:00 h às 22:00 h / exceto as saunas e spa que funcionam das 10:00 h às 14:00 h.

Valor da entrada: Os valores variam de acordo com o serviço escolhido. Pesquisar diretamente no site oficial.

Localização: Springs 4, Freiburg im Breisgau.

Site oficial: http://www.keidelbad.de/start/

 

8 – Schwarzwald (Floresta Negra)

Com mais de 200 quilômetros de extensão, a floresta  negra é um dos pontos turísticos mais famosos da cidade de Freiburg. É possível chegar de carro até o monte Schauisland ou pelo teleférico. A subida pelo teleférico dura em torno de 20 minutos. No fim da subida, você estará a 1.200 metros de altitude e terá uma vista incrível da cidade.

Lá você poderá optar por fazer trilhas. Se tiver neve, pode esquiar ou descer de trenó. Além disso, é possível fazer um passeio pelo museus da mina Schauisland-Bergwerk. E por fim, apreciar o verdadeiro bolo floresta negra no restaurante de lá.

Reserve um dia do seu roteiro para esse passeio.

Horário de funcionamento do teleférico: Diariamente das 9:00 h às 17:00 h / de julho a setembro das 9:00 h às 18:00 h.

Valor da entrada: Para subida e descida pelo teleférico – adulto 12,50 euros / crianças 8 euros. Outros valores consulte site oficial abaixo.

Localização: Talstation Schauinslandbahn,  Straße 11, 79289 Horben.

Site oficial: http://www.schwarzwald-tourismus.info/  e  http://www.schauinslandbahn.de/

Fazenda Samambaia – Petrópolis/RJ

 

 

A Fazenda Samambaia, localizada no bairro Samambaia em Petrópolis, traz muita história e ecologia. Com um casarão colonial do séc. XVIII, tombado pelo IPHAN, o espaço conta com muita área verde. Seu jardim é assinado pelo famoso arquiteto Roberto Burle Max.  A Fazenda proporciona um mergulho na natureza e na história de Petrópolis e do Brasil.

Hoje, a Fazenda atua como Instituto e Centro de Vivência Estudantil, ambos fundados em 2008, que trazem uma nova proposta de vivência e turismo na cidade de Petrópolis. O espaço conta com serviço de hospedagem como hostel: possui 15 dormitórios com capacidade para 90 leitos. Na Fazenda Samambaia, você pode desfrutar, mediante agendamento prévio, de uma grande área de lazer com restaurante, trilhas ecológicas, piscina, área esportiva, entre outros.

Além de toda a infra-estrutura do hostel, a Fazenda dispõe de serviços educativos e culturais, oferecendo palestras sobre a importância da preservação do patrimônio e do meio ambiente. Nesse intuito, a Fazenda abre suas portas a escolas, colégios, universidades e outros grupos em eventos que promovem a vivência da natureza e da história. O Instituto oferece ainda um trabalho sobre Transtorno de Déficit de Natureza (TDN), onde mostra às crianças a importância do contato e preservação da natureza.

Para grupos que desejam conhecer e fazer as trilhas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PARNASO), a Fazenda promove encontros onde os interessados seguem em direção às trilhas acompanhados de guias.

Se você está sozinho ou em grupo na cidade de Petrópolis/RJ e quer aproveitar a natureza, agende sua visita ou hospedagem de um ou mais dias à Fazenda Samambaia e venha conhecer esse belo lugar.

Informações:

Horário de visitação aberto ao público: Domingos e feriados das 10:00 às 18:00 h.

Horário de visitação de escolas e universidades: De segunda a sexta-feira mediante agendamento prévio.

Restaurante (serviço de buffet, culinária mineira): Reservas de no minimo 10 pessoas mediante agendamento prévio.

Day Use na fazenda: sob agendamento prévio, onde o grupo poderá desfrutar da área de lazer do Instituto (piscina, parquinho, jardins de Burle Marx e campinhos de Society e Vôlei).

Localização: Estrada Samambaia,138/ Samambaia – Petrópolis/ RJ.

Telefone para agendamentos: (24) 2242-3478

e-mail: coordenacao@isca.org.br (para escolas e universidades) reservas@isca.org.br (para hospedagem e imersão).

Tarifas para hospedagem no Hostel: http://www.isca.org.br/tarifas.asp

Valores: sob consulta.

Site: http://www.isca.org.br/