Certificado Internacional de Vacina

Você sabia que para viajar para alguns destinos internacionais é obrigatório apresentar o certificado internacional de vacina? Então, caso você não esteja por dentro dessa informação importante, abaixo listo algumas dicas para que você não tenha surpresas na hora de embarcar.

Caso tenha tomado a vacina contra febre amarela ou malária e irá viajar para um destino internacional onde o certificado é obrigatório, você precisará buscar um posto credenciado pela Anvisa para emitir o certificado para viagem.

No site oficial da Anvisaé possível fazer o cadastro e visualizar quais países exigem o certificado e qual vacina é exigida. Em alguns países onde o viajante apenas faz conexão por um determinado período, o documento também poderá ser exigido.

No site da Anvisa, ainda é possível ver os postos já credenciados para tomar vacinas. Caso você já tenha tomado a vacina, será preciso somente emitir do certificado. Além disso, você poderá visualizar os locais para agendamento e emissão do documento.

Abaixo, segue o passo-a-passo para emissão do certificado:

1 – Tomar a vacina exigida.

2 – Realizar o cadastro no site da Anvisa.

3 – Agendar dia e horário para emitir o documento (isto não é obrigatório, mas agiliza o processo).

4 – Levar documento de identificação com foto e carteira nacional de vacinação com as devidas vacinas tomadas preenchidas.

Alguns países que exigem o certificado são: Afeganistão, África do Sul, Austrália, Colômbia, Chile, etc. A maioria dos países da Europa e os Estados Unidos não exigem o certificado, porém vale a pena atentar se o seu voo não faz conexão de mais de 10 horas em nenhum país que exige.

Neste linké possível consultar se o seu destino exige o certificado e qual vacina é exigida.

Importante: A vacina contra a febre amarela deve ser tomada com, no mínimo, 10 dias de antecedência da viagem.

Ainda ficou alguma dúvida? Deixe-as nos comentários abaixo para que eu possa tentar respondê-las e boa viagem!!!

Anúncios